http://youtu.be/8ZSe04a4ugM

FEITA PRA MIM

sábado, 23 de maio de 2009

ENERGIZAÇÃO





Vem espírito do bem, me envolve,
Lança teus raios de bondade
Em minha direção,
Cubra-me com tua proteção.

Reabastece minhas energias,
Fazendo-me compreensão,
Elevando sempre meu coração
Ao ápice da bondade,
Que eu sempre saiba perdoar,
Esquecendo mágoas,
Lavando a alma,
Sendo somente o amor que se dá.

Vem espírito superior,
Carrega-me em teus braços,
Dai-me a força que preciso,
Para continuar o que aqui vim fazer,
E nunca me esquecer
Dos teus ensinamentos,
Perdida no mar da minha infantilidade
Como humana,
Aprendiz de um tempo.

Oh... espírito benfazejo,
Sopra em minha direção,
Que minha criança interior,
Nunca se acovarde,
Nem adormeça em meu coração,
Pois dela preciso
Para espalhar a alegria,
O otimismo de uma encarnação.

Apaga de minha mente as decepções
De coisas que não conhecia,
O mal que não sabia que tão forte existia,
O ódio , A vingança,
Pois sempre sentia o amor,
Não acreditando no êxito da ruindade,
Pois todos ao serem filhos de um Deus
Levam o amor no coração,
E não deveriam se perder na escuridão.
Que eu possa direcionar teu amor
Para esses corações em forma de elos Preciosos que me são dados por ti.

Vem espírito da brandura,
Me circula,me faz cura,
Lava meu interior,
E que nele nasça a flor
Da tua humildade,
Para que eu possa espalhar a suavidade,
O conforto de uma palavra amiga,
A honestidade de um existir,
Até quando eu deva partir,
Para me embaralhar de volta
Nos teus cabelos,
Sendo uma partícula de tua elevação.
Que se faça a cura,
Energizando meu ser.

A TRILHA SONORA DE NOSSAS VIDAS





A trilha sonora das nossas vidas é composta por músicas antigas sons ora românticos ora excitantes muitos agitados músicas do passado que falavam de amor rocks, hoje ultrapassados melodias envolventes sem palavras indecentes

A nossa trilha sonora nos faz relembrar beijos que demos sob o luar quando nem sabíamos beijar
amassos no banco detrás do carro assistindo corrida de submarino
e nossos inocentes corpos emergindo loucos de prazer

quando nem entendíamos ao certo o caminho correto para o êxtase atingir
e ficávamos somente a sorrir num entrelaçar de mãos a escorregar por lugares proibidos de se tocar

A nossa trilha sonora conta muito da nossa história
das nossas rebeldias das nossas esquisitices das nossas manias tão diferentes das atuais

nada a ver com o que lemos atualmente nos jornais éramos jovens mais felizes
apesar de também cometermos deslizes
Não tínhamos grandes vícios
nem fazíamos sacrifícios para ter um corpo escultural
ser cheinho ou cheinha era coisa normal

Não se falava em malhar no máximo, a aula de ginástica no colégio éramos obrigados a freqüentar
regime nem pensar Tínhamos amigos de todos os tipos e o incrível é que com isso não corríamos nenhum risco com eles nunca nos decepcionávamos tudo que nos falavam, acreditávamos existia lealdade diante de uma amizade
Não tínhamos celular pra que?
azar...

era no portão do amigo que a gente se punha a gritar quando algo queríamos combinar
A trilha sonora das nossas vidas tem certas músicas que ficaram esquecidas cantores cheios de charme que perderam os seus lugares pra lacraias moderninhas e tchans assanhadinhas

Internet também não existia amor por computador?
Que horror!
Gostávamos de cheiros de carícias de malícias ficar juntinho pra nós era uma delícia não existia essa coisa de "ficar" pra nós o bom mesmo era namorar, roçar
e ao final nunca chegar mas sinto ao longe ainda o sabor da cuba libre
o som daqueles bailes com orquestras espetaculares o acorde de músicas lá do passado
e claro,

o Roberto Carlos com seus detalhes
ajudando algum "pão" que nesse momento dançava com alguma menina sensação cheio de má intenção
dizer no seu ouvido "como é grande o meu amor por você“
ah...isso eu nunca vou esquecer

Haviam as galeras de rua mas não procuravam outras pra dar surra se juntavam na esquina
paqueravam as meninas contavam piadas falavam coisas engraçadas E num vai e vem a trilha sonora das nossas vidas nem sempre fica esquecida às vezes retorna as paradas coisa engraçada pelo menos assim o nosso coração não há de esquecê-la então
e isso...
já é muito bom!